O que é ESG e o papel do RH na sua implantação

Ao contrário do que muitos pensam, ESG não é mais um modismo. Mas, afinal, o que é ESG? Essas três letras significam em inglês “environmental, social and governance”. Em suma, são usadas para medir as práticas ambientais, sociais e de governança de uma empresa.

Sob o governo de Joe Biden, os EUA anunciaram uma nova e ambiciosa meta ambiental. O país pretende cortar pela metade as emissões de gases de efeito estufa até 2030, em comparação a 2005. Como resultado, ele deixa claro para onde devem caminhar os esforços das empresas e da sociedade americana.

O que muda para o meu negócio?

Além da questão ética e do compromisso social com toda a comunidade, o ESG proporciona benefícios econômicos. Entre eles estão conquistar novos mercados, mitigar riscos e acessar crédito mais barato, por exemplo. Portanto, esqueça a dicotomia entre bons resultados financeiros e sustentabilidade. Eles caminham juntos.

O ESG também é usado como critério para investimento. Assim, além dos resultados financeiros, os fundos de investidores têm olhado para o compromisso das empresas com a sustentabilidade. Da mesma forma, indicadores de responsabilidade social e de governança, publicados em relatórios específicos sobre ESG, são levados em consideração.

Princípios do ESG

  • Fatores ambientais. Uso de recursos naturais, emissões de gases de efeito estufa (CO2, metano), eficiência energética, poluição, gestão de resíduos e efluentes;
  • Fatores sociais. Políticas e relações de trabalho, inclusão e diversidade, engajamento dos funcionários, treinamento da força de trabalho, direitos humanos, relações com comunidades, privacidade e proteção de dados;
  • Fatores de governança. Independência do conselho, política de remuneração da alta administração, diversidade na composição do conselho de administração, estrutura dos comitês de auditoria e fiscal, ética e transparência.

Como o RH pode impulsionar o ESG nas empresas

Como nossa área pode colaborar para implantar e dar continuidade às políticas sociais e ambientais de uma empresa nesses novos critérios?

Sem a participação efetiva do RH, nenhuma estratégia de ESG nas empresas é viável. Isso porque ela exige mudança de mentalidade – e somos bons nisso.

Em outras palavras, implantar uma gestão ESG exige criar políticas de diversidade e inclusão, respeito aos direitos humanos e formação de líderes. Igualmente, inclui identificar novas competências e desenhar políticas de remuneração ligadas aos índices sociais, de sustentabilidade e governança

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Acompanhe nossas postagens e notícias.

Copyright 2021 © todos os direitos reservados

Fique por dentro da Evolluir.

Uma vez por mês você receberá nossa newsletter com todo o conteúdo que precisa para Evolluir

Assine já!