Especial COVID-19 e as consequências para o futuro

COVID-19 e a globalização

Os impactos da pandemia de COVID-19 incidirão diretamente sobre a globalização. Maior precaução em relação às normas de saúde global e acionamento de medidas de proteção econômica/financeira locais serão alguns deles, ampliando-se a importância das fronteiras. O padrão de centralização da produção mundial, as cadeias produtivas e o fluxo de dinheiro também poderão passar por mudanças. Riscos, como os da pandemia que atravessamos nesse momento, não poderão ser mascarados e deverão ser enfrentados o mais rapidamente possível, pois seu custo é muito alto. Além disso, precisamos encontrar recursos humanos e financeiros para amenizar a sensação atual, que é de total falta de controle e imprevisibilidade.

 

COVID-19 e as empresas

O mundo corporativo, como já estamos vendo, não passa ileso à pandemia. A crise fará empresas questionarem seus propósitos e cultura na busca do que deve ser transformado para alcançar resultados de forma sustentável.  Processos de fusões e aquisições devem crescer, centralizando os negócios em empresas maiores, colocando em risco as pequenas. O foco na gestão de risco deve aumentar. Processos, sistemas e planejamentos necessários à execução do trabalho são reformulados. O desemprego tende a aumentar e as formas de trabalho continuarão a se ajustar a uma nova realidade.

 

 

COVID-19 e a liderança

A lição do coronavírus foi clara: nem tudo está sob o nosso controle. Fomos levados a abrir mão de ter equipes sob nossa supervisão e comando constantes. A partir de agora, os líderes formadores serão mais procurados e exigidos. A competência digital, que já é um requisito básico, continuará sendo exigida cada vez mais. Outras aptidões importantes serão aquelas que ampliam a maturidade emocional e as relações saudáveis. E, muito importante, visão de risco e inovação terão que caminhar lado a lado.

 

 

COVID-19 e o RH

O RH não passa ao largo das transformações trazidas pela crise do COVID-19. Os Recursos Humanos tornam-se cada vez mais orientados aos negócios, porém de forma consciente, com cuidado especial nas relações. Além disso, a área tem papel preponderante nos processos de fusão e aquisição, que devem crescer a partir de agora. É preciso que os profissionais de Recursos Humanos sejam mais produtivos, flexíveis e desenvolvam a capacidade de antever os riscos. A análise das novas possibilidades de relações no trabalho passa a ser considerada. Maior foco na transformação cultural e na formação e desenvolvimento de equipes protagonistas e resilientes.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Acompanhe nossas postagens e notícias.

Copyright 2021 © todos os direitos reservados

Fique por dentro da Evolluir.

Uma vez por mês você receberá nossa newsletter com todo o conteúdo que precisa para Evolluir

Assine já!